JAVA: Algoritmo RMSE, MBE, Willmott, Coeficiente de correlação e Determinação

 

Quando a aplicação cliente faz uma requisição para uma porta diferente da porta de origem, o servidor geralmente retorna em seu cabeçalho quais são as origens permitidas, então o navegador emite o Warning em seu console:

Como resolver o problema ?

Considerando que o servidor utiliza PHP, para resolver o problema adicione a seguinte linha no início do seu código:

Assim será permitido o envio de requisições de qualquer origem.

Como adicionar Plugins ou Pastas ao seu projeto do Ember JS

 

Na raiz do projeto Ember JS, dentro da pasta “public“, crie uma pasta chamada “assets

Então copie os diretórios nos quais você queira utilizar em seu projeto:

Inicialize novamente o servidor EmberJS com o comando “ember server“. Depois disso verá que os diretórios foram adicionados na pasta “dist“:

 

A versão do do Android SDK 22 requer no mínimo o JDK 1.7. Já o Android SDK 24 requer no mínimo o JDK 1.8.

Como alterar a versão do JDK no Android Studio ?

Considerando que você já possui o JDK 1.8 instalado, para alterar a versão do JDK no Android Studio acesse:

File > Project Structure > SDK Location

Altere então o campo JDK Location para o diretório de instalação do JDK 1.8

Antes da versão 1.2 do Angular JS era possível utilizar a seguinte diretiva:

Porém esta diretiva foi removida nas versões posteriores por questões de segurança.

Como exibir uma variável em HTML sem escapar as tags ?

1 – Em seu Controller passe a variável $scope e $sce.

2 – Criaremos uma função que será usada na View para permitir que uma String seja exibida em HTML:

3 – Então a View fica da seguinte forma:

O objeto “chamado.descricao” que contém o HTML é passado para a função “$sce.trustAsHtml()” que permite exibir HTML na View.

 

O padrão PCI Express 2.0 foi introduzido em 2007, 3 anos depois (em 2010) surgiu o PCI Express 3.0. Explicarei brevemente neste artigo como o padrão 2.0 ainda continua utilizável mesmo depois de tantos anos, não sendo necessário na maioria dos casos um UPGRADE para suportar as GPUs mais recentes.

Vejamos abaixo as especificações de duas GPUs recentes e bastante poderosas, GeForce GTX 1060 eGeForce GTX 960:

 GeForce GTX 1060 6 GB GeForce GTX 1060 3 GB GeForce GTX 960
GPU Architecture Pascal Pascal Maxwell
NVIDIA CUDA® Cores 128011521024
Frame Buffer 6 GB GDDR5 3 GB GDDR5 2 GB GDDR5
Memory Speed 8 Gbps 8 Gbps 7 Gbps
Boost Clock Relative1.4x 1.4x 1x
Boost Clock Actual1708 MHz 1708 MHz 1178 MHz

O dado importante aqui para termos base qual padrão PCI Express mais adequado é o “Memory Speed“, ou seja, o quão rápido a placa consegue se comunicar com a memória.

Vejamos agora o Memory Speed máximo para os padrões PCI Express 1.0, 2.0 e 3.0:

PCI Express versionThroughput x1Throughput x4Throughput x8Throughput x16
1.0250 MB/s1 Gb/s 2 Gb/s 4 Gb/s
2.0500 MB/s 2 Gb/s 4 Gb/s 8 Gb/s
3.0984.6 MB/s 3.938 Gb/s 7.877 GB/s 15.754 Gb/s

Como podemos observar, a interface PCI Express x16 2.0 que suporta até 8 Gb/s está acima da capacidade da GTX 960 que é de 7 Gb/s. Já a GTX 1060 alcança o Throughput máximo da interface PCI Express 2.0, ou seja, considerando que sua aplicação utilizasse o poder máximo de transferência da GTX 1060, a interface PCI Express 2.0 também suportaria perfeitamente.

Já para GPU’s TOP de linha como a GeForce GTX 1080, esta alcança os 10 Gb/s, ficando acima da capacidade da interface PCI Express x16 2.0.

Então para uma GeForce GTX 1080 a interface PCI Express 3.0 é a mais recomendada ? 

Não necessariamente. Se formos considerar o seu uso em Games, a grande maioria dos jogos não utilizam todo esse poder de transferência, e em vários benchmarks disponíveis na internet o ganho de performance não ultrapassou os 3%, com um ganho desprezível de em média apenas 3 FPS.

Conclusão

Se for considerar o UPGRADE de uma placa mãe com interface PCI Express 3.0 apenas com o intuito para Games, o ganho não será significativo.

 

 

Ao pesquisar sobre o melhor banco para recebimento dos pagamentos do Google Adsense, encontramos diversos resultados no Fórum do Google Adsense apontando o Banco Rendimento como o melhor banco para receber este tipo de remessa internacional, já que segundo os editores, a taxa do Banco Rendimento é de US$20,00 (dólares).

Por anos recebi pagamentos mensais do Google Adsense em minha conta da Caixa Econômica Federal, ao longo dos anos a taxa que era de apenas R$30,00 chegou a R$63,50 + IOF em meu último recebimento através da Caixa Econômica Federal (outubro de 2016).  Insatisfeito com as constantes ocorrências de demora para o dinheiro cair na conta, resolvi trocar de banco e acabei escolhendo o Banco Santander como experimento.

Quando alterei meu código IBAN para o Santander, fiquei um pouco receoso já que a divergência de informações na internet apontavam diferentes valores na taxa de transferência cobrada pelo Banco Santander, relatos até mesmo de valores abusivos. Preocupado, liguei para a central de câmbio do banco e o atendente me informou que a taxa era negociada diretamente com o gerente, e que assim que eu recebesse a ordem de pagamento em minha conta, eu deveria ir até minha agência para assinar o contrato de câmbio e assim ficaria disponível em minha conta.

Em 4 dias úteis a ordem de pagamento apareceu no meu Internet Banking:

santander-ordem-de-pagamento

Fui então a minha agência, levando a ordem de pagamento em mãos. Conversei com a gerente e questionei em primeiro lugar a respeito da taxa cobrada pelo Santander e então descobri que o Santander cobra uma taxa entre R$ 60,00 até R$ 190,00, variando de acordo tipo de pessoa (Física ou Jurídica) e valor da transação, esse valor é cotado automaticamente pelo sistema de acordo com as informações passadas ao gerente.

Depois de responder algumas perguntas feitas pela gerente assinei o contrato de câmbio:

contrato-de-cambio-santander_1contrato-de-cambio-santander_2

Minha taxa cobrada foi de apenas R$ 60,00, para uma quantia recebida de quase US$ 200 (dólares). Acredito até mesmo que a taxa de R$ 60,00 sustente valores até mesmo bem acima de US$ 200 (dólares). O dinheiro caiu em minha conta na hora. Minha única insatisfação foi que o Santander converte o dólar com um valor um pouco abaixo do mercado. Neste dia o dólar estava cotado a R$ 3,20, porém converteram a R$ 3,09. Dependendo do valor recebido, esta diferença de alguns centavos da uma diferença significativa no final.

Por inexperiência por parte dos funcionários, demorou um pouco até que eles conseguissem realizar todo o procedimento, mas sai satisfeito pois o procedimento é bastante simples.

Conclusão

O Banco Santander me pareceu ser bem mais ágil que a Caixa Econômica Federal, em poucos dias a minha ordem de pagamento já estava visível no próprio Internet Banking, o que não era possível visualizar na Caixa, que possui um sistema de Internet Banking arcaico e com poucos recursos. Além disso enquanto eu utilizava a Caixa Econômica Federal, como havia dito anteriormente, o dinheiro já chegou algumas vezes a demorar mais de 15 dias para cair na conta, já este primeiro pagamento recebido no Santander foi muito rápido e com uma taxa inclusive inferior a taxa cobrada pela Caixa.