vBAvatars permite que seus membros criar um avatar personalizado para si, usando roupas e corpo peças compradas de uma loja.

Principais Características:
AJAX-Powered Interface: Todos os aspectos da gestão avatar é completamente AJAX-ified, ou seja, de zero recarrega a página!

Visualizar Avatar: Cada mudança ou compra de estoque podem ser visualizadas antes da compra ou da aplicação

Atualizações automáticas: Avatar Configurando o sistema de avatar vBulletin usar vBAvatars significa que quaisquer mudanças futuras feitas vBAvatars será automaticamente adicionado ao seu avatar vBulletin, não há necessidade de voltar a salvar o avatar do vBulletin.

[wpdm_file id=1 title=”true” desc=”true” template=”bluebox ” ]

vBAnalytics fornece análises detalhadas e customizadas de tráfego, incluindo as taxas de retorno, patamares, pageviews, visitas e muitos mais personalizadas para vBulletin! Pense o Google Analytics, mas feito para vBulletin!

Se você sempre quis o Google Analytics para prestar mais atenção ao seu fórum de aspectos específicos do que este é um deve ter para você. Ele fornece estatísticas especificamente solicitados proprietários experientes do conselho e os exibe de uma forma amigável e experiente. Permitindo até mesmo os mais inexperientes dos proprietários do conselho para saber exatamente o que seus usuários gostam e não gostam na sua comunidade.

Uso vBAnalytics para ver como seus fóruns individuais estão fazendo horas extras, muito bom ver se as mudanças recentes para impulsionar a atividade há efectivamente trabalhadas. Você poderia fazer a mesma coisa para páginas individuais em seu fórum, para ver se as mudanças recentes para aumentar a atividade nessas páginas efectivamente trabalhadas. Com a versão Pro você pode monitorar as tendências de pesquisa, para ver o que os usuários estão pesquisando no seu fórum e quais links eles clicam a partir da pesquisa que lhe permite adequar às necessidades de sua comunidade.

[wpdm_file id=1 title=”true” desc=”true” template=”bluebox ” ]

vBShout é a maneira ideal para manter os membros em seu fórum, enquanto esperam por respostas às suas mensagens. Ele pode ser usado de muitas maneiras – como uma sala de chat para os membros, para o pessoal para discutir questões em tempo real, como um feed de atualização ao vivo de novos lugares e segmentos, como forma de controlar etapas membros … O melhor de tudo, você pode ter várias caixas em uso para fins múltiplos!

Recursos (inglês):

  • Shoutbox
    • Post Shouts
    • Edit / Delete Shouts
    • Shouts played using HTML5 <audio> tags
    • PM other users
      • PM tabs for convo between two users
    • View Active Users
      • Separate context-aware block that shows the people active in your specific tab.
  • Smilies
    • Integrates with vBulletin smilie popup for easy overview of all available smilies.
  • Update text styles
    • Bold
    • Italic
    • Underline
    • Font
    • Colour
  • Slash commands
    • Built-in commands in a drop-down list
    • /banlist for a list of all users banned from the shoutbox
  • Context menu for available actions
    • View Profile
    • Send PM
  • Create chat room
    • Invite / Manage users that can access this chat room
    • Inviting an user sends them a pop-up asking them to join the room.
  • Tabs
    • Highlights when you’re not viewing them but they have new messages.
    • Chat Rooms get tabs added as you join them.
  • Logging
    • Default logging logs all administrative slash commands.
  • Archive
    • View list of all Shouts in the system
    • Top X Shouters
    • Shoutbox Statistics
    • Search Archive
      • Search by
        • Phrase
  • AdminCP
    • Instance Manager
      • Different instances on different pages
    • Chat Room Manager
      • Assign usergroups to chat rooms
    • Edit Settings
      • Which commands to log
      • Log level
      • Shouts to display
      • Shouts to display (Archive)
      • Shoutbox Height
      • Shout display order
      • Shoutbox Refresh Rate
      • Smilies on / off
      • PMs on / off
      • Allowed BBCode controls
      • Enabled Editor Tools
      • Maximum [SIZE]
      • Max characters per shout
      • Max images per shout
      • Archive “Top X Shouters” count
      • Active Users block on/off
      • Auto-Delete Shouts
      • Max chat rooms per user
      • Global sound switch
      • Play sounds while idle
      • Per-Usergroup display of moderator actions (like pruning shouts)
      • Ability to disable the “Chat Access” list
      • Project Tools integration
      • Ability to disable Blog notifications
      • Alternating Shout Background Colours
      • Forum Milestones (replacing the simple “Post Markers”)
        • Every X Posts
        • Every X Threads
        • Every X Members
    • Show command log
    • Show banned users
    • Show shout log
    • Maintenance
      • Reset all style customisations
    • Ban / Silence management in Edit User

 

[wpdm_file id=1 title=”true” desc=”true” template=”bluebox ” ]

Um ataque DoS (Distributed Denial of Service) basicamente faz inúmeras conexões ao servidor, tornando o servidor sobrecarregado.

É possível verificar com o comando abaixo quais e quantos endereços de IP estão conectados com o servidor:

netstat -ntu | awk ‘{print $5}’ | cut -d: -f1 | sort | uniq -c | sort -n

Caso tenha mais de 100 conexões vindas do mesmo IP, provavelmente é um ataque DDoS, então é recomendável que este IP seja bloqueado. O (D)DoS Deflate faz isso para você.

Como instalar (D)DoS Deflate?

Use os seguindes comandos:

  1. wget http://www.inetbase.com/scripts/ddos/install.sh
  2. chmod 0700 install.sh
  3. ./install.sh

OBS:

  • É possível adicionar IP’s na whitelist: /usr/local/ddos/ignore.ip.list.
  • Arquivo de configuração: /usr/local/ddos/ddos.conf
  • Endereços de IP bloqueados são automaticamente desbloqueados após o valor pré-configurado de 600 segundos.
  • O script por padrão roda em intervalos de 1 minuto.
  • É possível configurar o recebimento de notificações em seu email de bloqueios de IP.

Como desinstalar (D)DoS Deflate?

  1. wget http://www.inetbase.com/scripts/ddos/uninstall.ddos
  2. chmod 0700 uninstall.ddos
  3. ./uninstall.ddos

Você vai aprender como usar o comando switch em C para executar um bloco de código com base na seleção de múltipla escolha.

Logo abaixo temos um exemplo de um MENU usando o comando switch:

Caso a variável menu valha 1 a seguinte linha de comando será executada:

Caso a variável menu valha 2 a seguinte linha de comando será executada:

Caso MENU não seja igual a nenhum dos valores acima a seguinte linha de comando será executada:

XCache é um rápido, estável opcode cacher PHP que foi testado e está agora rodando em servidores de produção sob carga alta. Ela supera uma série de problemas que tem sido com outros opcachers concorrentes, como ser capaz de ser usado com novas versões do PHP.

Instalar o XCache no Debian é muito simples.

Como instalar XCache no Debian?

1 – Use o comando para instalar o XCache:

apt-get install php5-xcache

2 – Reinicie o Apache:

Pronto! O XCache está instalado. Para verificar se o XCache está funcionando, use a seguinte função do PHP abaixo e procure por “XCache”:

[PHP]

phpinfo();

[/PHP]

Como configurar o XCache?

XCache já vem pré-configurado, caso queria alterar valores de variáveis e etc, basta editar o arquivo xcache.ini, localizado no diretório:

/etc/php5/apache2/conf.d/xcache.ini

Webmin é uma interface baseada na web para administração do sistema para Unix. O uso de qualquer navegador moderno, você pode configurar contas de usuário, Apache, DNS, compartilhamento de arquivos e etc.

Como instalar o Webmin no Debian?

Baixe a versão mais recente do Webmin usando o comando WGET:

wget http://prdownloads.sourceforge.net/webadmin/webmin_1.580_all.deb

Nesta página você encontrará a versão mais recente do Webmin: http://www.webmin.com/download.html

Depois de baixar o webmin use o comando abaixo:

dpkg --install webmin_1.580_all.deb

Caso o Debian acuse a falta de bibliotecas ou arquivos, use o seguinte comando para instalar essas dependências:

apt-get install perl libnet-ssleay-perl openssl libauthen-pam-perl libpam-runtime libio-pty-perl apt-show-versions python

O Webmin a partir disso será instalado automaticamente. Depois de instalado, o painel poderá ser acessado no endereço:

http://ip_do_servidor:10000

Dados de login:

Login: root

Senha: SENHA DO SEU SERVIDOR

Cookies são dados trocados entre o navegador e o servidor, usado para armazenar preferências do  usuário, login e etc.

 

Como criar um Cookie no PHP?

$nome – Nome do Cookie.

$valor – O valor que será armazenado no Cookie.

$expira – Quando o cookie expira. Observe que o valor é dado em segundos, 3600 segundos correspondem a 1 hora.

setcookie() – Função usada para criar o Cookie a partir dos dados obtidos nas variáveis acima.

 

Como ler um Cookie no PHP?

$_COOKIE – Variável superglobal, usada para ler cookies. Basta usar a variável com o nome do Cookie criado, como no exemplo acima.

 

Apache é o servidor de Web mais usado no mundo, conhecer um pouco do seu funcionamento para fazer otimizações é muito importante, existem websites que precisam de configurações diferentes da que o Apache vem configurado por padrão. Discutiremos aqui o uso do KeepAlive.

O que é KeepAlive?

O KeepAlive permite que o servidor utilize a mesma conexão para transferir múltiplos arquivos.

 

Vantagens do KeepAlive:

 

  • Aumenta velocidade do website: Reduz a latência associada com a transferência HTTP.
  • Reduz uso da CPU: Ativar o KeepAlive reduz o uso de CPU. Considere que um website com várias imagens, arquivos e etc, o servidor precisará fazer uma conexão para cada arquivo, aumentando o uso de CPU. Com o KeepAlive ativado somente uma conexão é feita, assim reduzindo o consumo de CPU.

 

Desvantagens do KeepAlive:

 

  • Aumenta o uso de memória: Ativar o KeepAlive aumenta o uso de memória no servidor. Processos do Apache tem que manter conexões abertas à espera de novos pedidos de conexões estabelecidas.

 

Quando devo ativar o KeepAlive?

 

Dependerá de várias situações como quantidade de recursos de seu servidor, tipo de website e etc. Um servidor com pouca Ram disponível recomenda-se utilizar o KeepAlive Off, reduzindo assim o uso de memória e dando possibilidade ao servidor atender mais usuários. Se você se preocupa muito com a experiência do usuário com o website e seu servidor dispõe de uma boa quantidade de memória RAM disponível, se seu website tem muitas imagens ou outros arquivos, é recomendado manter o KeepAlive ativado.